Brotou flor

Aquilo que não cantava ontem, hoje já canta.

Morro engasgada, com flores na garganta, mas não deixo uma palavra por dizer.

Se acaso isso for desventura, fica guardado em meu livro.

Aquilo que não cantava ontem, hoje brotou forte e verdadeira.

Morro engasgada, com flores na garganta, mas a doçura do que brotou vai, sim, se espalhar!

Se acaso isso for desventura, fica guardado em meu livro.

Aquilo que não cantava ontem, hoje enfrentou e acariciou tudo o que é árido à sua volta.

Morro engasgada, com flores na garganta e assim será.

Brotou flor.

Anúncios