É uma viagem: a literatura

fdadd98afc95e9736bb64c936ec4993b

No meio dos meus cadernos de anotações, eu encontrei: as anotações da palestra do Professor Marcos Zibordi. Uma época muito especial para mim. Preparava o meu livro “Lábias da Língua” como trabalho final do curso de Comunicação Social.

O Marcos sempre orientou-nos sobre como entender a literatura para que pudéssemos coloca-la em prática no jornalismo. E a razão pela qual eu partilho uma das afirmações que ele disse é porque ela vai além da escrita em si. Tem a ver com a nossa forma de viver. Relacionar.

“O jornalismo não é só realidade(…) O que você sente é informação. Aquilo que não é palpável é relevante. Quando você fala, você plastifica aquilo que você sente. E quando você escreve, você traduz. Modifica. Dizer é criar. Por isso, temos a capacidade de mentir. Na literatura você tem a capacidade de modificar. Quem conta uma história tem um interesse ideológico. Não somos pessoas reais o tempo todo (…)”.

É uma viagem!

Não precisa da realidade para existir, passaporte ou avião. Tem múltiplas paragens e uma linguagem maior que a língua. É uma viagem: a literatura.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s