Coisas sem importância, coisas de verdade

 

bcd322647a8adb082086ad3a55f304f3

Às vezes ponho-me a pensar na vida das crianças das terras afastadas. Uma infância com liberdade de tempo que permite apreciar o pulsar, a textura e a maciez daquilo que assenta e mexe. Das coisas sem importância.

Nas terras afastadas o mundo não é intermediado. Comprado.

As crianças que não lêem livros, mas são poliglotas. Falam a língua dos passarinhos, sapos, grilos e lagartixas! Conhecem mil formatos de nuvens porque levantam a cabeça e olham para o céu. A atrapalhação da caravana das formigas é anedota. Não existe a imitação da cantiga da chuva.

O mundo de fantasias dessas crianças é rodeado de coisas sem importância. Coisas de verdade. Sem nenhuma certeza fingida.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s