Baiu, os revolucionários e a revolução

 

15f09da06f2bdb55a479419c5ed69184

Baiu é uma árvore conhecida pela sua fama de guarda-sol. Porém, só os revolucionários podem sentar debaixo da sua sombra. Até agora, são  somente sete. Baiu é seco, às vezes. Grosseiro com aqueles que teimam em não respeitar as suas regras.

Cada um dos revolucionários tem um livro nas mãos. Estão muito absorvidos e tudo parece imóvel ao redor. O que move, mesmo, é o que está dentro de cada livro. Escrito em cada livro. Um grupo disposto a conhecer um mundo distante.

São revolucionários.

Corajosamente, eles pegam num livro. Conscientes, do quanto esse ato rebelde exige deles!

Enquanto isso, a vida acontece conectada de uma ponta à outra. Rápida. Transbordando “likes”, “hiperlinks” e palpites.

O livro dá aos revolucionários a confiança diante da vida que acontece. Ler devolve aos revolucionários a calma em relação a tudo. Todos.

Baiu orgulha-se disso.

A vida que acontece nada pode diante da revolução. Ler.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s