A naturalidade das coisas

f803faee42c250b2080d6877bac90b84

A naturalidade não falha. Todas as vezes que eu deixei as coisas acontecerem naturalmente não tive motivo de queixa. Coisas boas aconteceram. Coisas que eu não estava à espera.

Assumo, estou na fase inicial. Não é fácil aceitar todas as circunstâncias da vida da forma que elas são. Sem dramas. Sem resistências. É difícil. Umas das coisas mais fatigantes, na minha opinião.

Enfim, estamos sempre em busca de uma resposta. Uma solução. Precisamos rotular: pessoas, sentimentos, comportamentos. Situações.Tudo precisa ter um conceito. Um porquê. E é ali que habita a angústia. A dor.

E o pior: negamos o presente!

Pateticamente, ignoramos os sinais e as mensagens do preciso instante. Estamos preocupados com o amanhã. Com quem não está presente. Estamos preocupados com aquilo que nunca vai acontecer.

Entretanto, a naturalidade das coisas é um mecanismo que nos ensina que tudo na vida tem a sua hora. Hora certa de acontecer.

Caso optarmos pela negação, esse mesmo mecanismo só observa. Observa. Pacientemente, ele observa. E quando tiver a certeza que estamos exaustos, de tanto trocar farpas com realidade, ele aproxima como quem não quer nada. Entra em ação.

É a vida.

O mecanismo da vida é a naturalidade das coisas.

Aceite.

Liberte-se!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s