A revolução

 

ae1902c3f6911035c73449a03dc10006

Eram poucos minutos depois da meia-noite quando Sheya pegou no carro fusca do seu pai rumo ao grande acontecimento. Não se falava em outra coisa: gerações de mãos dadas marchavam na calçada por uma causa conjunta.

A revolução da dignidade humana!

Sheya percorreu as ruas na calada da noite seguindo o eco:

“Dignidade humana, um direito de todos!”.

Sintonizou a rádio e a mesma frase fazia-se ouvir.

“Dignidade humana, um direito de todos!”.

A semente da esperança sacudiu o coração da jovem.

Naquela noite, a força da união dos habitantes do mundo quebrou os cadeados das fronteiras. O empenho para reconstrução de uma nova ordem mundial, baseada na justiça, passou a ser um dever de todos.

Um novo mundo nascia na construção de nações assentes na reconciliação.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s