Era OK eu desistir

Bloglovin
iooo

Havia falta. Falta de muita coisa: idéias parecidas, conversas com ternura e sorriso nos olhos. Nunca entendi, realmente, como tudo isso deixou de existir. Mas, que importância tinha, não é mesmo? Naquele momento, era OK eu desistir.

Sim, simplesmente, desistir. Pois, o que eu tentava dominar, controlar, esconder aos olhos dos curiosos, fugia das minhas mãos.  Tentei agarrar com força. Deixar da forma que eu achava que merecia. Que era o certo. Não consegui! Foi doloroso! Aceitei. Entendi.

Chovia forte lá fora. Peguei no meu guarda chuva, bati a porta e saí. Naquele momento era OK eu desistir dos gritos, das ofensas, das mágoas, dos ressentimentos. Do ódio.

Desistir não é derrota. Não é vergonha. O segredo é saber quando é OK desistir.

“Desisto, logo existo”.

Existo.

Anúncios

2 thoughts on “Era OK eu desistir

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s