Quem deixou de ser exótico?

blog 1

Hoje o dedo de prosa da vovó Cássia e da mana Janaína foi diferente. Foi triste. Lamentavam a ida de um tempo que não voltaria tão cedo. A mana Janaína vem sempre à nossa casa, no fim de tarde, tomar aquele gole de café. Café amargo que finjo gostar para ficar ao pé delas. Conversa “de gente grande” sempre foi “cultura geral” para mim.

“Minha mana e amiga Cássia, eu tenho saudades quando a colheita era farta. As portas ficavam escancaradas e havia lugares para receber os amigos que chegavam. O amigo “diferente” despertava atenção. Todo mundo queria conhecer a sua cor. A sua dor. A “diversidade” era coisa boa. A palavra multiculturalismo estava na moda”.

“Pois é, mana Janaína, o momento é de seca por essas bandas. Não chove. E por isso, ninguém quer saber de amigos. O vizinho incomoda. Virou intruso. Não é amigo. É inimigo. O amigo “diferente” deixou de ser exótico. A tal da “crise” trancou-nos as portas”.

“Vovó Cássia, quem deixou de ser exótico?”, pergunto.

“Nós e os outros, meu filho. Nós e os outros deixamos de ser. Precisamos nos reconhecer. Abrir as portas novamente”.

Anúncios

One thought on “Quem deixou de ser exótico?

  1. Eu tembém digo”nós e os outros minha filha deixamos de ser exóticos”. E porque somos fracos ..e porque estao no meio a maldita crise e a maldita seca. O que disse o Papa Francisco na sua mensagem tradicional “Urbi et Orbi” está visto.
    “Se as pessoas cuidarem apenas de seus interesses, o mundo certamente desmoronará”.

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s