E está tudo bem. E está tudo ótimo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

O mínimo sinal de crise na economia, os cortes vão para ela. Como se houvesse o que cortar! Com ou sem crise, ela fica sempre com as sobras e esperam que lamba os beiços.  Ela tem os seus momentos, digamos de “reconhecimento”, numa data ou outra. É paciente. Por séculos tem sido. Rasteja. É pisada. E faz parte de muitos discursos vazios. O achatamento dela acontece consoante o ritmo da crise econômica.

“A cultura implica custos, fazer o quê?”. E está tudo bem. E está tudo ótimo.

O gasto é avaliado, mas o retorno que isso trará é posto de lado.

“Quanto custa incentivar, proteger e valorizar um escultor? Ou um  virtuoso pianista? Quanto custa investir nos livros das historias que querem ser lidas, nas musicas que querem ser ouvidas e nas peças de teatro que querem ser assistidas? Quanto?”.

É o que alguns querem saber.

Anúncios

One thought on “E está tudo bem. E está tudo ótimo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s